UNIR e Fiocruz passam a atuar associadas em oferta de mestrado e doutorado em Rondônia

Publicado em: 16/07/2021 18:41:29

UNIR E FIOCRUZ TORNAM O PPGBIOEXP UM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FORMATO ASSOCIATIVO


O Programa de Pós-Graduação em Biologia Experimental, PPGBioExp, da Universidade Federal de Rondônia, UNIR, a partir deste ano passará a se ofertado de modo associativo com a Fundação Oswaldo Cruz Rondônia, Fiocruz-RO. As duas instituições já atuavam em cooperação no programa de pós-graduação desde 2016, e agora tornam ainda mais próximas as ações em conjunto para a pesquisa e formação de pesquisadores. Com a mudança novos investimentos poderão ser realizados em pesquisa, tanto por meio da UNIR quanto através da Fiocruz, representando mais oportunidades para desenvolvimento de projetos de impacto e para que mais vagas possas ser ofertadas tanto em nível de mestrado como doutorado.

A associação de duas ou mais instituições na oferta de cursos de pós-graduação possibilita o compartilhamento das infraestruturas de que dispõem e da atuação dos professores orientadores. Esta estratégica é pensanda especialmente como meio de otimizar os recursos disponíveis. De acordo com o reitora da UNIR, professora Marcele Pereira, trata-se de “um modo de ir em busca da redução das assimetrias regionais, principalmente em se tratando da região Norte do país. Ações como esta são decisivas para o processo da expansão geográfica e interiorização dos programas de pós-graduação, o que é fundamental para a produção de conhecimento no nosso Estado”.

De acordo com o coordenador do PPGBIOEXP, professor Christian Collins Kuehn, que também é docente do Departamento de Medicina da UNIR, “a associação entre as duas instituições permitirá o surgimento de novas linhas de pesquisas ligadas à área de concentração do programa, novos investimentos financeiros, implementação de bolsas de estudo de mestrado, doutorado e pós-doutorado, além da formação de recursos humanos qualificados na região Norte”. No caso do PPGBioExp, que possui conceito 4 e já formou cerca de 160 mestres e 60 doutores ao longo de 20 anos de existência, a expectativa, além de ampliar as possibilidades de pesquisa, é de que o novo formato viabilize a ascensão para o conceito 5, o maior na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, Capes.

Tradicionalmente a UNIR e a Fiocruz Rondônia têm atuado em colaboração e ajuda mútua com objetivo de promover a pesquisa e a ciência na região Norte. Com a ampliação dessa colaboração entre as duas instituições, foi feita ainda em 2019 a solicitação à Capes para que o PPG passasse a ser ofertado de modo associativo. Agora, com o parecer favorável à reestruturação para o novo formato ajustes necessários à inclusão do programa em associação na Plataforma Sucupira devem ser providenciados. De acordo com o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UNIR, professor Artur Moret, além de tornar maior o corpo docente envolvido com o PPGBioExp, podendo assim ampliar a oferta de vagas, a atuação conjunta aumenta a possibilidade de articulações nacionais e mesmo internacionais. “Esta é uma ação importante, que passou pela atuação da gestão da universidade junto à Capes, mostrando as necessidades e as possibilidades deste formato em Rondônia. E isso é parte das ações que estão sendo implementadas na pós-graduação da UNIR”, destacou o pró-reitor.

Fonte: UNIR



<<
Setembro 2021
>>
DoSeTeQuQuSe
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
26
27
282930